Traduction Française

PLANO do Site: http://www.AristidesDeSousaMendes.com

Esta tradução do site vai-se fazendo aos poucos ! Todos os amigos que estejam disponíveis para nos ajudar a traduzir, serão sempre bin-vindos... seja para traduzir, seja para corrigir as traduções já feitas

Acolhimento   Bordéus o homenageou, mas tambem Portugal e muitas outras cidades...
E as homenagens continuam...
     
  Plano do site Plano desta página
 

Quem é? Uma família Uma família, Aristides ? Quem é Aristides ?
Angelina a sua esposa, 12 filhos,
Uma família feliz, que gosta acolher os seus amigos, ela sabe
acolhe-los em música!
 

  Ele disse Não "O Cônsul que foi capaz de dizer NÃO".
A casa dele em ruínas testemunha do rigor do castigo.
Os seus filhos foram obrigados a fugir de Portugal.
Nem ele, nem a sua esposa tornaram a vê-los.
 


30.000 30.000 pessoas salvas,
10.000 das quais eram judeus, como imaginar tamanha acção?
Sebastião conta o último episódio! ..Passaram por Biriatou !
 

A BD
Banda Desenhada
Apresentação do essencial dos acontecimentos de uma forma engraçada e acessível a todos.
 

Os testemunos Presentação As Testemunhas e os testemunhos.
O 60° Aniversário da libertação dos campos Auschwitz foi para as novas testemunhas uma oportunidade de se expressarem, nomeadamente Pedro Nuno. Para a Comunidade Judaica, foi também uma oportunidade de apresentar este Justo nos seus sites.



Os que estavam presentes no Consulado:

Pedro Nuno O filho de Sousa Mendes, estava com o pai em Bordéus e ajudava-o na redacção dos vistos.

 

César (ainda por traduzir)
O sobrinho do Cônsul também esteve em Bordéus. ..
     
  O Rabino Kruger, estava cá com a sua mulher e os seus 6 filhos, acolhidos em casa do Cônsul, contribuiu a convencer o Cônsul, e ajudou-o na elaboração dos vistos...
     
  Otto de Habsbourg ( ainda por traduzir)
Obteve vistos para todos os que o acompanhavam, bem como para Charlotte Grã-Duquesa do Luxemburgo, para a sua família e todos os responsáveis do seu governo.



Os que receberam vistos

Outros testemunhas (traducção em curso)
Também estas testemunhas receberam vistos :
Iljar Dijour, Moïse Elias, Robert Magidoff, Marguerite Galimir, o professor Charles Oulmont... Alguns d'entre eles acolhidos na própria casa do Cônsul.



Os que não estiveram em Bordéus

Sebastião e Luis Felipe (uma parte fica por traduzir)
Sebastião tinha 17 anos, voltou para Portugal, com Luis Felipe, para prosseguir os seus estudos. Com 20 anos, Sebastião alistou-se na tropa de libertação. Logo depois da vitória voltou para Portugal, no Natal 1945 e informou-se do que se tinha passado. Volta para os Estados Unidos e publica o primeiro livro que conta a história dos seus pais: "Flight trough Hell".
Luis Felipe foi o secretário do seu pai, até a morte da sua mãe (1948), depois foi pelo Canada.



No "Passal"

Os vizinhos Os VIZINHOS do Passal, em Cabanas de Viriato, testemunhas da grandeza do passado e das desastrosas consequências que se seguiram.
     
Por quê?
PORQUÊ os salvar todos?
Uma decisão que nos interroga: Sacrificou tudo, a sua careira, o seu futuro, a sua vida familiar e o futuro dos seus filhos.
     
Reabilitação   (
A caminhada da RÉABILITAÇÃO de 1951 até 1998, com a homenagem do Parlamento Europeu de Estrasbourgo.



Guardar Memória   )
MANTER a MEMORIA hoje com numerosas manifestações de homenagens e celebrações no Mundo inteiro. Bordéus, Lisboa, Nova Iorque...



Cinquentenário   (
CINQUENTENÂRIO da sua morte : celebrada em todo o mundo !. Entre 3 de Abril (data da sua morte), 17 de Junho ( data da sua decisão) e 11 de Novembro (Circular 14, armisticia 1918).
   
Pedaços Escolhidos   Aristides de Sousa Mendes na presença dos seus juizes (Agosto de 1940) - A decisão do dia 17 de Junho de 1940, Trechos de livros, teses e vários documentos que exprimirem a historia deste grande português.
     
"O Comité"   O Comité Francês de Homenagem a Sousa Mendes em Bordéus.
1 - A comissão, Os seus objectivos, as suas realizações e projectos.
2 - As suas publicações
3 - Uma exposição, que fica ao dispor de todos os organizadores, escolas...
     
A Fundação   "A Fundação Aristides de Sousa Mendes" para manter viva a memória.
     
Pedagogia   Alguns organismos, portugueses e franceses, já tomaram algumas iniciativas sobre este assunto. Capítulo de partilha e de intercâmbio.
     
A História em debate   A História em debate a partir dos documentos que temos ao nosso
dispôr.
     
A Imprensa   No início o papel da Imprensa foi muito importante para dar a conhecer o heroísmo de Sousa Mendes, nos Estados Unidos, e mais tarde em Portugal e em França.
     
Contacto   Para nos contactar
     
Realização   Bernard, Jacques Rivière e Domingos Martins

Os capìtulos corespondentes nem sempre estão traduzidos, por vezes trata-se de textos portugueses, mais pertinentes : imprensa, textos escolhidos, e por vezes textos equivalentes, alguns provisórios, a espera das traduções disponíveis.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Todos os que puderem ajudar-nos, serão sempre ben-vindos ! Aquele que se propôs traduzir este site para português não tinha qualquer competência espécifica para o fazer. Dado que estava reformado, tinha tempo livre... e um pouco de paciência. Mas  agradece muito, a quem puder ajuda-lo neste trabalho, seja na tradução de algum texto, seja na correcção dos textos já traduzidos ou iniciados

Para a correcção dos textos, pedimos-lhe que faça "copy + paste" do texto ou estrato que pretenda traduzir ou corrigir, depois proceda à respectiva tradução/revisão e de seguida, no Comité.

... Et un grand Obrigado à DOMINGOS MARTINS, de Roriz, o nosso técnico, e todos aqueles que me ajudaram, com as suas traduções, e coreções :

 1° Pela BD : António Moncade de Lisboa, Adelaide de Sobradelo, Cristina de Beça...

2° Pela tradução dos outros textos :  Rui SANTOS de Lisboa, Ana Maria TORRES de Beja, Joaquim de Canelas, Maria Luísa Caetano de Cabanas de Viriato, Maria de Covilhão
   - e pelas suas correcções : RUI SANTOS de Lisboa, Ana Maria TORRES de Beja, Maria do Ceu de S to Combes de Rossas, Isabel de Gafanha de Nazaré, ... e todos aqueles que estão dispostos continuar esta ajuda indispensável...

Pour ceux qui, comme moi, n'ont pas d'ordinateur portugais, je fais suivre, dans le texte que j'ai à traduire, les quelques lettres qui nécessitent un accent portugais : í á í ó í ó ú í ó í ó ú.ã õ Ã À., je les utilise en copié/collé.OBRIGADO ! ó ú í ó í ó ú.ã õ Ã À.,

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~